Crítica: Anjos da Lei

Título original: 21 Jump Street
Ano de lançamento: 2012
Duração: 1 hora e 49 minutos
Direção: Phil Lord e Christopher Miller
Gênero: Comédia/Policial
Idioma original: Inglês americano
Sinopse: Jenko (Channing Tatum) e Schmidt (Jonah Hill) estudaram juntos, mas jamais foram amigos. A situação muda quando se reencontram na academia de policiais, onde passam a ajudar um ao outro. Já formados, se envolvem em uma confusão ao tentar realizar a prisão de um traficante de drogas, que atuava no parque onde trabalhavam. Remanejados para uma divisão comandada pelo capitão Walters (Ice Cube), onde jovens policiais trabalham infiltrados, eles recebem a missão de desvendar quem é o fornecedor de uma nova e perigosa droga. De volta ao ambiente escolar e atuando sob nomes falsos, Jenko e Schmidt precisam se acostumar aos novos tempos sem perder o foco na tarefa que lhes foi incumbida.

Schmidt e Jenko eram inimigos durante os tempos de escola. Enquando um era nerd e desajeitado, o outro era popular e atleta. Até que anos depois os dois se reencontram na academia de polícia e, para que possam passar, um começa a ajudar o outro e melhorar suas habilidades e se tornam melhores amigos.
Por serem muito desajeitados e sempre entrarem em confusão, é dada aos parceiros uma última chance de fazer alguma coisa certa, e são remanejados para uma divisão que costumava estar extinta onde eles terão que trabalhar infiltrados, na 21 Jump Street.
Jenko e Schmidt então têm que se passar por estudantes de ensino médio para descobrir quem está traficando uma droga extremamente perigosa antes que o tráfico saia da área da escola. Eles assumem novas identidades, mas acabam trocando-as, e passam a desempenhar um papel que é quase a personalidade um do outro.
Claro que o filme é cheio de confusões e trapalhadas, tudo muito engraçado. Jonah Hill é um mestre nesse gênero e Channing Tatum também não desaponta, já que eu estar acostumada a vê-lo em papéis mais sérios. Ainda temos a participação de Johnny Depp, que era do Anjos da Lei original! Mal posso esperar para assistir a continuação, que verei em breve, então fiquem ligados pela crítica! 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s