Resenha: Belo Casamento, de Jamie McGuire {SPOILER ALERT!}

Título original: A Beautiful Wedding
Autor: Jamie McGuire
Número de páginas: 123
Editora: Verus Editora
Sinopse: A louca e viciante história de amor de Travis e Abby foi narrada por ela em Belo desastre e por ele em Desastre iminente. Como num conto de fadas moderno, sabemos que eles se casaram e foram felizes para sempre… mas quanto realmente conhecemos dessa história?
Por que Abby fez o pedido de casamento? Que confidências eles trocaram antes da cerimônia?Onde passaram a noite de núpcias? Quem sabia que eles iam se casar e guardou segredo?
Todos os detalhes sobre o casamento de Travis e Abby eram secretos… até agora. Os fãs do casal mais quente da literatura terão todas as suas perguntas respondidas nesta história vertiginosa sobre o dia (e a noite…) do casamento de Travis e Abby e o melhor, contada pelo ponto de vista dos dois!

Se você, assim como eu, leu os primeiros dois livros da trilogia e ficou desapontada com quão pouco a autora descreve o casamento de Abby e Travis, anime-se! Ganhamos um livro todinho para nos contar sobre aquela noite!
É um livro bem curtinho (infelizmente), então não dá pra entender direito porque não fizeram apenas um capítulo a mais nos outros livros, mas é legal ter um gostinho a mais dentro da vida do casal protagonista da trilogia Belo Desastre.
O livro narra a noite em que Travis e Abby chegam a badalada Las Vegas para se casarem. Só que, devido a acontecimentos que precederam aquela noite, o que era para ser uma noite feliz, foi também uma noite de preocupações e inseguranças. Mas nada que trocar alianças com o amor da sua vida não resolva, né?
Belo Casamento é contado pelo ponto de vista de ambos Travis e Abby, nos dando novamente aquela visão privilegiada dos dois lados do pedaço mais importante da história de amor deste casal tão fofo – que acontece duas vezes! Mas isso vocês terão que ler para entender…

Resenha: Desastre Iminente, de Jamie McGuire

Título original: Walking Disaster
Autor: Jamie McGuire
Número de páginas: 405
Editora: Verus Editora
Sinopse: Toda história tem dois lados. Em Belo Desastre, Abby disse o que pensava. Agora chegou a hora de conhecer os fatos pelos olhos de Travis.
Travis perdeu a mãe muito cedo, mas, antes de morrer, ela lhe ensinou duas regras de vida: ame muito, lute mais ainda.
Tendo crescido em uma família de homens que gostam de jogos e lutas, Travis Maddox é um cara durão. Musculoso e tatuado, bad boy até o último fio de cabelo, ele leva uma mulher diferente para casa a cada noite. Até conhecer Abby Abernathy…
Determinada a se manter longe de problemas, Abby resiste com todas as forças ao charme de Travis, sem saber que assim só o deixa mais determinado a conquistá-la. Será que o invencível Travis “Cachorro Louco” Maddox vai ser derrotado por uma garota?

Se você já leu Belo Desastre e acha que já sabe tudo sobre a história de Abby e Travis, deixe eu te contar: você está errado. Porque eu também comecei Desastre Iminente desanimada – afinal, são as mesmas coisas apenas por um ponto de vista diferente. Mas não é bem assim.
Então, sim, Desastre Iminente é o período contado em Belo Desastre, mas agora quem conta o que acontece é o Travis Maddox. Apesar do começo sentimental, este livro é contado de um modo mais “bruto”, vamos dizer assim, com mais palavrões, e de um modo mais sexy também.
É neste livro que descobrimos o motivo de algumas ações do nosso protagonista masculino e as coisas que passavam por sua mente, toda a luta que ele trava contra si mesmo. E tudo isso só faz com que fiquemos cada vez mais apaixonada pelo Travis Maddox (que de “Cachorro Louco” não tem nada).
Então, apesar de parecer que é a mesma história por um diferente ponto de vista, é isso que nos faz enxergar o que acontece no enredo com uma visão diferente, mais clara. É totalmente essencial para a trilogia e vale totalmente a pena. Garanto que você não conseguir largar!

Resenha: Belo Desastre de Jamie McGuire

BELO DESASTRE
Título original: Beautiful Disaster
Autor: Jamie McGuire
Número de páginas: 392
Editora: Verus
Sinopse: A nova Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade.
Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa, e deseja evitar.
Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento de Travis pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura.

Abby Abernathy é, na superfície, uma típica boa garota. Com seus cabelos cor de caramelo, grandes olhos cinza e cardigãs cor de rosa, poderia passar despercebida pela faculdade que escolheu cursar. Isto é, isso se esse seu jeitinho não chamasse a atenção de Travis Maddox, seu oposto e o bad boy mais popular da faculdade.
Travis é musculoso, tatuado, super charmoso e um conquistador assumido. Por isso parece tão estranho quando Abby, quem ele apelida carinhosamente de “Beija-Flor”, parece resistir tão fortemente aos seus encantos. Mal sabe ele dos segredos que essa garota esconde…
Belo Desastre (na verdade, a trilogia toda) foi um desses livros que você pega para ler e não consegue largar nunca mais. Acho que li em uns dois dias, três no máximo, de tão bom e envolvente é a história. Você realmente se apega aos personagens e quer sempre saber o que vem a seguir (ainda mais sendo o romance entre Travis e Abby, o casal mais imprevisível do mundo).
Como já faz um tempinho que li a trilogia, não lembro se tenho observações sobre a diagramação… Mas mesmo se existem probleminhas, tenho certeza que não reparei por estar tão envolvida com o enredo. Ah, e as capas são incríveis, apesar de eu ainda não ter decifrado (pelo menos não corretamente, tenho certeza) a relação delas com a história.
Tenho três palavras para descrever essa minha leitura: esse livro é intrigante, romântico e incrivelmente sexy (sem ser vulgar – há, não aguentei. Mas é verdade). Se você, minha amiga, foi atraída por essa descrição, vai se apaixonar por Belo Desastre – e pelo lindo-maravilhoso-tudo-de-bom Travis Maddox.